• No products in the cart.
Finalizar Compra

Eventos e Visitas

Visitas

A Adega de Vidigueira está de portas abertas para receber quem a quer visitar na sua estrutura de Enoturismo e assim inteirar-se um pouco mais sobre as caraterísticas desta zona vínica do alentejo, e sobre os excelentes vinhos aqui produzidos.

As visitas são gratuitas e têm a duração aproximada de 45 minutos. Sem limitação de idade, as visitas guiadas podem decorrer, mediante marcação prévia, de segunda-feira a sábado, entre as 9h00 e as 13h00 e as 14h00 e as 18h00, e com um máximo de 50 participantes por visita.

Durante o percurso, são observadas as áreas de produção de vinho Tinto e de vinho Branco, a zona de envelhecimento de vinhos tintos,  aguardentes, vinhos licorosos, a nova e moderna linha de engarrafamento e o museu da aguardente.
O percurso termina no Wine Bar onde são apreciados os vinhos da Vidigueira, com diferentes níveis de prova. Os mais de jovens têm direito a uma degustação de sumos de fruta e a um brinde. As visitas são previamente planeadas, tendo em conta a faixa etária, os conhecimentos e os interesses do grupo de visitantes. Durante a visita as informações, detalhes e explicações sobre o funcionamento da Adega, podem ser fornecidos em português, inglês, espanhol e francês.

Para mais informações, contacte-nos através de visitas@adegavidigueira.pt

o novo projeto de enoturismo

O Enoturismo, enquanto atividade, convida a vivenciar a cultura e a tradição de cada local, de forma a contextualizar a importância histórica desta atividade agrícola na região.

A adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito não podia ficar indiferente à moda que perpassa por todas as regiões vínicas do mundo, e por isso abraçou também o projeto de criar nas nossas instalações uma nova estrutura direcionada para a prática de Enoturismo.

Para isso afetámos uma área das nossas instalações ao Enoturismo, e entregámos o projeto ao atelier da arquitecta Ana Braga. O aproveitamento que está a ser feito numa área onde estava um antigo armazém, faz com que a autora refira que o armazém foi dignificado com a criação de umas escadas na entrada pública principal, que rematam numa plataforma coberta por umas lonas triangulares, numa clara alusão às velas das caravelas que levaram Vasco da Gama a trilhar os mares até à Índia.

No mesmo espaço, as propostas completam-se agora em termos de funcionamento, envolvendo uma zona de adega, WineBar, um pequeno auditório, sala de provas e um espaço para serviço de refeições. Tudo de uma forma articulada, já que o que realmente se deseja é que os visitantes possam conviver e descobrir, em primeiro lugar o funcionamento diário da adega, no que diz respeito à produção de vinho e outras atividades, e em segundo lugar que usufruam deste espaço, e descubram e desfrutem dos vinhos por nós produzidos.

A CASA DAS TALHAS, será o local onde os Enoturistas poderão encontrar várias talhas de Barro e os tradicionais equipamentos e utensílios associados à produção artesanal do vinho de talha. Neste espaço, também será possível encontrar uma tradicional lareira alentejana, que enquadra mesas corridas. O registo de materialidade reporta também ao tradicional onde se tem a tijoleira de barro e a madeira como protagonistas principais.

A zona do WineBar é uma zona em formato de lounge, junto à entrada e usufrui de uma esplanada exterior. É por excelência a zona de degustação dos vinhos da adega na sua plenitude, com a possibilidade de as provas poderem ser acompanhadas por petiscos.

Num outro espaço dedicado à gastronomia alentejana, poderão ser feitas sessões de harmonização entre os nossos vinhos e os pratos típicos da nossa região.

A intervenção enoturística e as obras que se iniciaram já há algum tempo, têm recebido a visita de várias entidades o ciais ligadas ao turismo de Portugal.

Scroll to top